Águia Mendes

Os mudos

00:00
Alguém Disse

"Imensidão onde respiro"

22:38
Amarras para que as quero?

De crueldades...

19:12
Alguém Disse

Beije-me

21:47
Amarras para que as quero?

Neste exato momento

21:43
Amarras para que as quero?

Teu abraço...

21:14