Postagens

Mostrando postagens de 2012

Os mudos

Imagem

"Imensidão onde respiro"

Imagem
Os meus olhos cabem nas tuas mãos.
O meu corpo inteiro cabe porque dentro delas há muito espaço.
E a tua voz o beijo a alma têm a imensidão onde respiro aves de carne luminosa.


Kha Tembe - poeta moçambicano.

De crueldades...

Imagem
e tem coisas que a gente só quer dizer e pronto... pode parecer bem sadomasoquista, de quando em vez, mas não é para te magoar que faço isso... não é para que te sintas triste por um quadro que acabei de pintar.... talvez eu espante as borboletas do jardim, por puro medo... no final... só sou uma medrosa. acordo e meus olhos veem tudo claramente, sou bem egoísta, às vezes... mas sozinha não posso ir muito adiante e quando vejo estou praticando meu sadismo... tudo é uma faca de dois gumes... não é para te atingir que faço isso, meu bem... no fundo, todo sadismo não passa de puro masoquismo...

Beije-me

Imagem
"Kiss me now that I'm older. I won't try to control you. Friday nights have been lonely. Take it slow but don't warn me."

The Strokes

Neste exato momento

Imagem
e essa sou eu, com medo de ser repulsivamente melosa ao te dizer com todas as letras que apaixonados fazem muitas loucuras... pode ser estereótipo das pessoas, mas até onde lembro - e falo isso conscientemente - não fiz uma loucura tão maluca... ainda .... pode ser que ainda não tenha despertado essa paixão enlouquecida, mas talvez porque eu ande bem serena de espírito, só sei que gosto de você e disso eu tenho certeza neste exato momento...

Teu abraço...

Imagem
pode parecer bobagem, mas puta que pariu!, como eu queria te abraçar... apenas por me sentir naqueles dias em que o que você mais quer é só ficar junto, vadiando com o calor do outro...

Ponto principal

Imagem
sabe aquela sua resposta sobre o ponto principal dos programas inventados por mim ser eu mesma? pois então, faz minhas propostas inocentes por só desejarem estar ao seu lado parecerem ideias anacrônicas de um romantismo ultrapassado... porém, sei que o ponto principal dos meus programas é poder aproveitar ao máximo as cenas dos filmes refletidas em seus olhos...

Mundos Possíveis

Imagem
Brigam Espanha e Holanda Pelos direitos do mar O mar é das gaivotas Que nele sabem voar O mar é das gaivotas
E de quem sabe navegar. Brigam Espanha e Holanda Pelos direitos do mar Brigam Espanha e Holanda Porque não sabem que o mar É de quem o sabe amar...
Leila Diniz (1945–1972)

Intensidade

Imagem
tipo, sabe quando você percebe que eu pareço perder por um instante a noção das coisas, quando parece que me empolguei tanto que você acha que "vai ser aqui e agora"? ... na verdade, essa sou só eu sendo inteiramente sincera...

"Leão-rei..."

Imagem

Amavisse

Imagem
I

Carrega-me contigo, Pássaro-Poesia
Quando cruzares o Amanhã, a luz, o impossível

Porque de barro e palha tem sido esta viagem
Que faço a sós comigo. Isenta de traçado
Ou de complicada geografia, sem nenhuma bagagem
Hei de levar apenas a vertigem e a fé:
Para teu corpo de luz, dois fardos breves.
Deixarei palavras e cantigas. E movediças
Embaçadas vias de Ilusão.
Não cantei cotidianos. Só cantei a ti
Pássaro-Poesia
E a paisagem-limite: o fosso, o extremo
A convulsão do Homem.

Carrega-me contigo.
No Amanhã.

Hilda Hilst

AC/DC

Imagem
A um certo alguém que me fez muito feliz...



Meu bem, não importa aonde eu vá ou onde eu me esconda, certas coisas sempre me farão lembrar de você por anos-luz...

Alone

Imagem
Para Heberty Vieira...

Tá vendo, Heberty... E essa era eu hoje à tarde no busão, tendo que voltar para casa sem a sua companhia para conversar....

Alcoólicas

Imagem
II
Também são cruas e duras as palavras e as caras Antes de nos sentarmos à mesa, tu e eu, Vida Diante do coruscante ouro da bebida. Aos poucos Vão se fazendo remansos, lentilhas d’água, diamantes Sobre os insultos do passado e do agora. Aos poucos Somos duas senhoras, encharcadas de riso, rosadas De um amora, um que entrevi no teu hálito, amigo Quando me permitiste o paraíso. O sinistro das horas Vai se fazendo tempo de conquista. Langor e sofrimento Vão se fazendo olvido. Depois deitadas, a morte É um rei que nos visita e nos cobre de mirra. Sussurras: ah, a vida é líquida.

Hilda Hilst

Quando você estava aqui...

Imagem
você dizia que não haveria fim... era engraçado como eu acreditava que era dessa forma. aquele amor não morreu ao atravessar a porta, você que fez questão de levá-lo para bem longe de mim... não digo que morreu, definhou, secou de uma vez... mas faz tanto tempo, que às vezes parece que você nunca existiu...

O amor é tão grande...

Imagem
o amor é tão grande que não cabe no peito... o amor é tão grande que não cabe no namoro... o amor é tão grande que não cabe no dinheiro... o amor é tão grande que não cabe no verso...

Kauana Costa

Perguntaram-me se sou cética...

Imagem
Não é que eu sinta saudades de você...
Na verdade, sinto saudade de tudo o que um dia poderia ter sido...
Sinto como se meu orgulho nunca fosse permitir que eu descubra.
Mas depois descubro que não tenho orgulho para isso.

Eram lindas nossas fotos, nossos sorrisos...
Foi tudo embora?
Lembro ainda do aeroporto... O coração apertado?
Acho que deixei tudo lá.

Mas de repente, conheço outras pessoas.
Não que eu as ame, ou ame?
Sei apenas... que de tantas pessoas, o que consegui foi me fechar ainda mais....
Se prefiro a solidão?

Há um fato engraçado nisso tudo.
Esquecer você não é tão simples.... lembro agora de Isaías....
Você me gravou mesmo nas palmas de suas mãos?
Não que eu realmente queira saber.... Mas nada mal se eu fosse a sua Jerusalém.

Já está tarde...
Talvez quando eu acabar com essa garrafa de vinho, perceba o mundo com outros olhos.
Não que eu me importe com tantos detalhes que se foram...
Um dia, eu volto a acreditar nas promessas não cumpridas, nas declarações tão perfeitas…

Por inteiro...

Imagem
Não é pressa o que eu tenho, mas se você quiser chamar de ansiedade, esteja à vontade. Na verdade, é muito fácil falar quando não se sente nem a metade do que eu sinto. Não sei amar ou gostar de alguém pela metade. Amo com intensidade, às vezes na mesma proporção com que irei sofrer, mas já disse, não sei me doar pela metade. Então, talvez não seja pressa, talvez não seja ansiedade, ou talvez seja... A verdade é que tudo em mim é mais do que verdadeiro, é intenso.

Nº 01

Imagem
- Você está chateada com alguma coisa?
- Você percebeu? - Não era pra eu ter percebido? Desculpe, então... - Na verdade, eu queria que um alguém em especial percebesse isso. Você sabia que palavras doem Elas são como sementes... Eu estava ali, ela não. Aquele seu olhar distante tentando esconder uma dor bem lá no fundo... Olhei-a mais uma vez. Provavelmente ela falava dele. Por que era tão difícil deixá-la voar? Mas o que eu podia fazer? - Desculpe ter prestado tanta atenção... - Tudo bem, meu pai nunca iria perceber isso. E saiu. Por um instante meu coração se tranquilizou. Não era outro cara. Mas mesmo assim ela voou. Um voo longo. Distante. Talvez fosse esse o nosso destino. Eu não era tão corajoso nessa cadeira de rodas.

KC

Quanto tempo dura o que é eterno?

Imagem
E ela foi. Há muito tempo que se sentia sozinha. Ele também. Eram apenas bons amigos. Grandes amigos. Conversaram. Compartilharam saudades, tristezas. Solidão. Era difícil para ambos conviver com a falta da pessoa amada. Mas eles eram apenas amigos e jamais iriam magoar um ao outro. Eram mais leais a isso. Na despedida, se abraçaram. Um longo abraço. Um forte abraço. "Quanto tempo dura a eternidade? Às vezes, um instante..." Ambos sentiam que aquele momento passaria. Ela pensou no seu amado... Longe. Ele também e disse: - Sabia que por mim eu passaria o dia todo assim? Abraçou-o mais forte ainda. Sentiu-se bem com aquilo, mas sabia que ele não dizia isso para ela.

KC

Carros antigos...

Imagem
Meu pai tinha uma Opala comodoro verde não sei o ano. Era uma carro bastante elegante e bonito. Até hoje não consegui encontrar nenhum outro carro semelhante ao dele. Existem opalas a torto e a direito aqui no Brasil, mas nenhuma delas como aquela opala verde do meu pai. Esse saudosismo todo não me pergunte por que, apenas andei me lembrando que a melhor parte da minha infância eu viajei dentro dela.

Agora, meu sonho de consumo com relação a carros, é um Impala preto ano 67. Realmente, um carro desses é mais do que um luxo... é uma fortuna!

Desnudamentos

Imagem
Não somos mais crianças em que desvendar o sexo do outro era a maior descoberta do mundo. Ou simplesmente uma aventura inocente.
Meu corpo não carrega mais vestígios de infância.
Tenho seios.
E meu ventre pode gerar.
Ainda assim queres apenas me desvendar,
numa espécie de nudez pura e absoluta.



Meu bem, só você para querer algo assim. Não sou irmã da malícia ou do pudor, mas não sou aquela menina da fazenda que corria o campo cabelo contra o vento achando que nunca iria crescer... Queres apenas me descobrir... Tolo. Nem eu mesma pretendo isso. Ousadia tua? Para mim não passa de uma tolice mais uma de tuas distrações.



Não quero ser desvendada,
quiçá descoberta.
Quero ser vista,
quero ser notada pelo que sou.
Pela mulher que me tornei,
sem meros artifícios...
sem meros fetiches...
Me assuma!
Ou me encare como se eu fosse uma simples delinquência de verão.
Ou me aceite como se eu fosse apenas uma distorção da tua realidade.


KC














Álibi

Imagem
E ali em frente à tela do computador tomando seu leite quente com biscoitos, queria poder fazer alguma coisa mais útil. Balançava o pé indiferente àquilo que via. Só doía quando olhava no espelho. Soube finalmente que já não se importava mais e suspirou. Do que se ocuparia agora? Era especialista em inventar novas dores... novas quimeras... O que fotos podiam falar? Derramou o leite no teclado... Levantou-se e foi limpar a bagunça... Agora tinha motivo para justificar suas delinquências...  Teria que comprar um novo teclado para o computador, mas no fundo preferia poder comprar um novo coração.

KC

Às dores fantasmagóricas...

Imagem
"Há um lado que pesa e outro que flutua", ouvi isso hoje... E há vários lados sem aparadores. Busco acabar com alguns fantasmas em minha vida. Sombras de um passado que querem se fazer presentes. Eu sei o que devo fazer, mas não o faço. Você não é ninguém para me julgar, tampouco deveria questionar minhas penas.

Eu cuido das feridas que doem aqui dentro. Das marcas que não se apagam e nem desaparecem... Cicatrizam para deixar ainda mais evidente que aquilo aconteceu. Que aquilo de certa forma vive e reclama ser lembrado.

Há também várias possibilidades de o ser humano se tornar melhor, mas no fundo, não acredito nisso. Só acredito - no momento - que eu sou um elemento em construção e desconstrução. Estou cheia de imperfeições. E não encontro saídas para me desvencilhar de minhas próprias armadilhas. Me enveredo por caminhos sem volta quando deveria me ocupar do meu bem estar. Mas quem se importa?

Você?

Eu estou vagando por aqui. "Amanhã ou depois tudo se resolve", …

O Tempo e a Rosa

Imagem
O tempo nos é muito importante e o que fazemos com ele define nossas prioridades aqui na Terra.

Ler as escrituras requer sacrifício de tempo. E para mim isso é uma das coisas mais difíceis de fazer. Mas me esforço o máximo que posso para não deixar que o tempo me consuma ao invés de eu mesma usufruir dele.

Tempo, somos reféns dele. Se desejamos fazer algo esperando que nos sobre aquele tempinho, ledo engano. Não sobra tempo algum, porque somos nós que fazemos o nosso tempo. Somos nós que escolhemos o que fazer do nosso tempo. E se ele nos parece pouco devemos repensar que uso estamos fazendo dele.

Um rapaz cultivava uma rosa. Todo o seu tempo e atenção eram dela. Mas um dia, o rapaz começou a ficar bastante atarefado. No início, todo tempo que encontrava dedicava à rosa. Pois ela sempre estava ali, ao seu lado para tornar o seu dia e a sua vida melhor. E por causa disso se esforçava para cuidar dela.

Entretanto, as coisas que fazia lhe consumiam cada vez mais e o seu cansaço era evid…

Lábios

Imagem
Aqueles lábios, meu bem, nunca serão como os teus. Posso perambular, vagar por bares, por ruas e nenhuma boca será a mesma. Nenhuma boca será a tua. Nenhum beijo que eu prove (ou que tenha provado) depois do teu assemelha-se ao desejo ardente que eu sinto quando te beijo ao penetrar-lhe a alma usando apenas a minha língua.

Kauana Costa 03/01/2012